terça-feira, 12 de junho de 2012

"Velhos ditados"


Opa,
meu cérebro funciona como um filtro, escuto bastante mas nem tudo é absorvido nem tudo acredito (é, a depender da pessoa) nem tudo chega ao meu coração.
 As pessoas aprenderam a mentir com uma facilidade "mentem que nem sentem" algumas já são qualificadas nessa categoria, rs, mas como aquele velho ditado diz: "Mentira tem perna curta" por isso nem adianta porque de alguma forma e mesmo que demore a verdade sempre aparece.


 Ouço, leio com atenção (no virtual), tudo, tudo mesmo! não pense que em uma conversa algo passa despercebido eu sempre fui detalhista e observadora, não tenho detector de mentiras mas meu radar, sexto sentido intuição sejá lá o que for me avisa quando algo parece está errado, procuro evidências até ter certeza, as vezes nem me dou ao trabalho, a (o) elementa (o) se entrega com suas palavras e atitudes.
 Atitude: Taê uma coisa que gosto, não adianta você dizer: Ah tenho maturidade, ah vou te ligar, ah estou com saudades, ah pode confiar em mim, estou ao seu lado sempre que precisar, não adianta nada disso se seus atos não estiverem de acordo, mais uma vez outro clichê bem válido: " Palavras iludem, atitudes provam".
 Você não vai cumprir? NÃO PROMETA! não vai ligar, não está com saudade, não é confiável, não vai está ao lado da pessoa em todos os momentos? NÃO FINJA, não iluda, postagens anteriores explicam bem a lei do retorno, não é?
Passe a analisar mais o que se é ouvido tenha cuidado com o que é dito, muitos tem a terrível habilidade de lançarem negativismo, por isso preste atenção com quem você compartilha seus sonhos, os invejosos estão a solta.
Não colhemos informações somente em conversas formais, nas tais resenhas a pessoa se entrega " toda brincadeira tem um fundo de verdade"
 Se liga! temos justamente dois ouvidos e uma boca.

Kisses

Nenhum comentário:

Postar um comentário