terça-feira, 15 de maio de 2012

Joguinhos ridículos

Oi,



é ótimo quando um vinculo de amizade é obtido, você passa a se sentir a vontade com aquela pessoa é capaz de contar seus segredos mais obscuros, horas conversando, risos, tudo parece está bem até que chega um momento em que aquele ser que tu tanto gosta se afasta, usa outras pessoas simplesmente para causar ciúmes (?) assim do nada. Wow! Dada a largada da sessão de questionamentos sendo: O QUE FOI QUE EU FIZ? o primeiro deles.
As vezes me sinto uma "boba" por cultivar sentimentos que hoje são considerados "bobos" por muitos, a fidelidade por exemplo, e não me refiro somente a questão homem+mulher =casal, me refiro a homem/mulher amizade.
Você liga, manda mensagens, pois nem tudo gira em torno da superficialidade do tal facebook, e a resposta é o silêncio... Será que isso era verdadeiro e tão importante para ela(e) quanto pra mim? será que devo insistir? até quando vou continuar me aborrecendo por alguém assim? É, foi dada a largada da sessão de questionamentos.
-AAAH, vamos ver quem sente a falta do outro primeiro, aaah vou esnobar porque assim ela(e) corre atrás: QUE JOGUINHO RIDÍCULO  e infanto juvenil pré adolescente, quer saber? foda-se.
Humanos não são personagens de vídeo game que podem ser manipulados dessa forma, lançados para cima e para baixo, largados, esquecidos, aí você se cansa e troca de jogo mas quando dá saudade volta a brincar com o personagem de novo, que ridículo.
Eu cansei, aprendi a engolir metade do meu orgulho, sei que quando alguém é importante acho algum de jeito de cultivar isso, não sou de correr atrás desesperadamente mas me preocupo bastante, ligo, aviso, mas quando percebo que este joguinho sem noção está ali, começo a me afastar e nesse sentido dificilmente volto atrás, deixa deixa, quando lá na frente uma bitch começar a usá-los com interesse, irão lembrar daquela que esteve ali nos momentos bons e ruins.

;* Boa tarde

Nenhum comentário:

Postar um comentário