terça-feira, 5 de setembro de 2017

Eu tô nessa Vibe pt 2

  E aí, tudo ok?.
    Putz, durante anos e anos fiquei imaginando como seria meu primeiro clipe. O item primordial da lista era: *gravar cenas da chuva*. O tempo foi passando, a vontade aumentando junto com as responsabilidades, bom, não sobrava uma graninha nem para o começo da gravação.
   O sentimento de incapacidade, tristeza, ansiedade (#sofro), medo se juntavam e bailavam todas as noites pra mim, e eu me perguntava: : Será que esse dia vai chegar?. 
   Gravei meu primeiro Rap em stúdio, o Geração Alienada (2014) e em seguida Palavras Entrelaçadas. Tudo estava indo bem até eu dar uma pausa, esta completamente desnecessária, confesso que se eu pudesse voltar no tempo modificaria isso :( enfim.... 
    Antes de iniciar o processo de maturidade na música eu precisava reestruturar o psicológico, o emocional, com 65% dessa etapa concluída tive mais forças para seguir em frente.



    Finalmente, em 2017 gravei Vibe, já passava da hora de ter um material audiovisual, juntei a grana, e juntamente com Bruno, Jonathan e Lara mesclamos idéias onde o roteiro foi desenvolvido:
 VOU RESUMIR:

    Dia 1: Iniciamos o processo de gravação na pista de Skate, no Ginásio de Esportes Raul Ferraz. 
 Tenho muuitas histórias pra contar, a pista fez parte de uma adolescência que foi até legalzinha, haha, até a fase adultinha. Bom, o enredo do clipe necessitava de um carro antigo, daí o Bruno achou um Landau lindo.com.br e o alugou ♥, não foi baratinho :(... segue o baile. 
   Seguimos para uma área aberta, em algumas partes eu realmente dirigi, estava m-o-r-r-e-n-d-o de medo, de atropelar alguém ou acelerar demais e bater, slá, rsrs, mas tudo deu certo.


   Dia 2 depois de alguns dias:  Era sexta feira, 2 horas de bus da cidade em que estou morando até a cidade onde nasci (a que rolou a gravação). Sábado, era tarde, chovia muito, o produtor viu que havia a possibilidade de captarmos ótimas cenas chuvosas era possível, e assim aconteceu. Passava um filme em minha mente, estava acontecendo! Finalmente! Mesmo se eu gripasse eu estaria feliz pois o sonho de gravar na chuva havia se realizado. Pode parecer besteira para alguns mas, cara, estava acontecendo! hehehe

   Dia 3 depois de muitos dias:  AAH, a cena do interrogatória ficou maneira demais! O ator Bruno Andrade vulgo meu marido deu o toque que precisava :D

Com a Produção: Trini Audio Visual
Beatmaker: Loro Vudu Direção: Jonathan Valim e Lara Valim Filmagem: Jonathan Valim e Winderlan

capacidade e graça de Deus, Vibe está na pista. Rolando no Youtube, Soundcloud, Facebook, Instagram. Ainda não tem 1.000.000 de visualizações, mas é meu orgulho! Foi tudo feito com muito cuidado, esforço e dedicação.
Pra vocês que não viram ainda clique no link da postagem abaixo, não se esqueça de dar o like e se inscrever no canal pois isso ajuda muito muito mesmo.

Beijos, muita coisa boa está por vir.
Boa noite

segunda-feira, 28 de agosto de 2017

Eu tô nessa vibe (8


 No dia 30 de Junho eu lancei meu primeiro videoclipe, hehehehe. Vocês sabem o quanto a música significa pra mim! E há anos eu tô na caminhada. Não vou escrever muito nessa postagem, na próxima conto mais sobre a história, o que rolou, se eu dirigi mesmo, se era chuva de verdade ou mentira, enfim....

Assista, deixe o joinha, se inscreva já ativando o sininho para que você receba as notificações dos meus próximos vídeos.

CLIQUE AQUI- Cayari- VIBE








sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Fala baixo aê!

03:37 am.

 O que acontece quando seus vizinhos estão fazendo muito barulho tarde da noite ou da madrugada?

1: Usa toda a sua educação para uma conversa amigável face to face
2: Chama a polícia
3: Utiliza a tecnologia para dar o aviso (se tiver o número/ contato virtual)
4:Começa a fazer barulho também
5:Espera amanhecer pra quebrar o pau
6: Deságua sua indignação com o bairro todo menos com os responsáveis
7: Não faz nada, já virou rotina. Acaba se conformando 

 *Detalhe que pensei em opções que nunca passaram pela minha cabeça, ahuahueh
.
Tá, e quando esse lêlêlê todo está dentro da sua mente?. Desfile de escola de samba, passeata de torcedores fanáticos ou campanha política, falsete da Melody são fichinha perto da baderna interna.






   Eu mudei! Mudei muito e tenho vivido em completo estado de amadurecimento (sem perder essa vibe marota resenhista que eu não me dou o trabalho de perder). Quem acompanha o blog, quem é novata(o) e deu uma passeada por outros textos, percebe que minhas idéias sempre foram bem maduras, bom, se não chegaram a essa conclusão estou adiantando, hehe. Sempre fui muito racional ao tomar decisões, na maioria delas. Cometi deslizes, afinal de contas robô é outro e não eu. Talvez, o maior arrependimento, foi ter me deixado levar pela porcentagem significativa de lavagem cerebral   
causada pela Religião/por pessoas , isso me corrói por dentro todas as vezes que lembro.

   Mas o que me fez acordar? Me dei conta que estou há mais de 1 hora fazendo este texto :p
 Acúmulo de stress. Literalmente obrigada a fazer o que DETESTO, ter que lidar com pessoas que mentem, enganam, desprezam outros. Pra quem não sabe tive que me mudar de cidade por uma boa causa, kkk, mas a minha adaptação aqui é 0. Não é tão de boa para quem sempre buscou aprender coisas novas, conhecer gente doida, quase se fraturar praticando esportes (ajam com cautela), lidar com determinadas coisas. Não sou normal, padrão, e NUNCA vou ser.





  Todos nós temos feridas não cicatrizadas e somos forçados a conviver com elas, até que se cure, e quando isso acontece, aaaah meu bem é muita melodia! Pqp você se deparar com algo antes maléfico mas que passou a ser insignificante é bom demais!. Espero me curar logo, e desejo o mesmo a você

:* 05:15 am.

Continuem acompanhando o blog




quinta-feira, 3 de agosto de 2017

Que coisa, não?


 Há coisas que podem parecer normais para você, mas em minha vida esse trem muda.
 Mano, eu acordei 3:38 da manhã com uma vontade visceral de escrever. Poderia pegar o celular que está ao lado da cama, o caderno que é a segunda opção mais prática, mas não, tinha que ligar o computador!.
 Incrivelmente minha última postagem foi dia 4 de AGOSTO de 2017, 1 ano atrás.



*PS: Esse horário daqui de baixo está errado -_-'

quinta-feira, 4 de agosto de 2016

CHEGA!

     Bom dia!


   Sabe, eu faço uma constante análise sobre o comportamento dos meus alunos, e a coisa não está legalzinha não. Tendo a consciência que cada um tem a sua personalidade, destaco poucos que não se deixam ser influenciados pelas bobagens que cercam essa geração (parabéns aos pais destes).
  A banalização dos sentimentos, inversão de valores, superioridade, sexualização em tudo é absurda! Tô falando de crianças! e pré adolescentes, e isso, em escolas e cursos particulares.


Influência midiática? Não tenho a menor dúvida. 
Somos bombardeados, mesmo que sem querer, a T-O-D-O MOMENTO com fotos, links, músicas, filmes de conteúdos absurdos! E sim, direcionados a crianças e adolescentes. Ritmos que induzem maldade a mente e erotização do corpo. Artistas que deveriam passar mensagens conscientizadoras, principalmente por terem um público teen, agem de forma contrária, contribuindo para um mundo pior.


  Educação começa em casa-
Por mais que a partir de uma certa idade os filhos não estejam mais ao alcance dos olhos dos pais, em casa e desde muito cedo é que se inicia o processo de DIÁLOGO, alerta, aconselhamentos, correção.

"Ensina a criança o caminho em que deve andar,e até quando envelhecer não se desviará dele"
Provérbios: 22:06

Intervenção dos educadores (conselhos)-
Procuro não deixar passar nenhuma situação de desprezo/preconceito(...) entre os alunos, por mínima que seja. Não sou a mãe ou pai mas me sinto no dever de ajudá-los, até mesmo com abraços inesperados, sorriso, alegria. Alguns esperam chegar na escola para descontarem toda a raiva que passam em casa, e, por mais que seja uma tarefa difícil, com a ajuda de Cristo procuro fazer o melhor que posso.
 Peço a Deus também misericórdia deste país, por aquelas crianças que não recebem amor dos pais, pela atuação situação. Tá tudo muito louco! desvirtuado.
 Caro leitor adulto, não seja um contribuinte para as atrocidades deste mundo.
 Caro leitor adolescente, não seja um mente vazia, maria vai com as outras. Mesmo que não tenha apoio, procure estudar e trabalhar,se esforce para ser uma pessoa de bem, caráter e futuro bacana.
Ah! e o que vem fácil.. vai fácil.

See you soon.
Peace

quinta-feira, 28 de julho de 2016

Misturinha boa essa

Oii!

 Hoje eu vou falar sobre uma mistura que deu muito certo: Jade + Jesy + Leigh-Anne +Perrie, ooou Little Mix!.
 Gente, eu sou fããã, daquele tipo mega crazy que grita a cada vídeo (mesmo tendo assistido diversas vezes), a cada arranjo, a cada nota musical, falsete, vibrato, firula, performance, enfim... cada uma delas tem talento de sobra. 



 A girl group inglesa foi formada no programa The X Factor, e ganharam! óbvio. São britânicas e desde 2011 vem arrasando com o mix de Pop, Synthpop, Dance, R&B e Hip-Hop

 Pq sou tão fascinada::??? 

Gente, é lindo demais de ver, ouvir, dançar! A harmonia, bom humor, carisma, afinação, cativa qualquer um.
 Quem não viu, dá um click lá no youtube, e tire sua conclusão

 bjuuu

sábado, 16 de julho de 2016

BEM o Bem

  Oiii! Tudo bom com vocês?
   Sabe, as vezes não resta opção nenhuma a não ser, ser forte. Ter que ouvir palavras encharcadas de críticas negativas, quando o que se mais precisava era de incentivo. Ver a sua função ser passada para segundos/terceiros por besteira, orgulho, "vingancinha".
  Não resta opção nenhuma a não ser, ser forte. Conviver com a triste realidade de que a sua "amizade verdadeira" era apenas durante o período de precisão do outro, e  ver pessoas que eram tão próximas se tornarem estranhas. 
 Eu e minha mania de continuar me surpreendendo pessimamente com os novos costumes modernos.
Tudo tão superficial, frio, distante, virtual. É a vida!. Jesus não disse que seria tudo sussa, mas nos encoraja a seguir em frente, sempre.
 Guardo em uma caixinha os que não se deixam levar pelas ondas maldosas deste mundo, e procuro cultivar os puros valores. As vezes me pego pensando: Véi, como eu pude ser tão inocente nisso. Mas apesar da chateação, não me martirizo como antigamente, prefiro continuar agindo com verdade, e amor. Afinal de contas, quem planta o bem, certamente, colherá o bem.




HEHE, né mole não, né non?
 Hoje meu professor comentou na aula que ninguém mais tinha blogs, que era uma coisa antiquada, que quase ninguém mais escreve. Eu: - ÊÊÊÊÊÊÊÊPAAAA, eu tenho, e amo!
 Não quero perder nunca o hábito e mania da escrita, principalmente no papel, A MÃO. Faz bem demais.

beijo beijo